Apoio:


domingo, 27 de maio de 2012

Expedição Cicloturismo Selvagem - Pedal pela América Latina

"O mundo é um livro e aquele que não viaja lê apenas uma página" 

Buenas camaradas.

Finalizado! Após muito planejamento vai começar, em julho de 2012, o projeto intitulado: Cicloturismo Selvagem - Pedal pela América Latina. Oito países e vinte estados brasileiros em uma jornada com mais de 28 mil quilômetros com duração estimada entre dez a doze meses na estrada. Fácil? Acredito que não! Mas os sonhos existem para serem realizados e os obstáculos superados. A oportunidade foi criada, agora basta partir.

O interesse em conhecer a América Latina é de longa data. Desde a época da faculdade de História alimento esse sonho de ver com meus próprios olhos as riquezas sul-americanas, que por sua vez, não se limitam apenas a suas paisagens naturais, diga-se de passagem, magníficas. A história de seus povos nos apresenta uma América do Sul além dos estereótipos criados, principalmente, por aqueles que estão fora da realidade cotidiana dos paises que a compõe.

Estar mais próximo, conviver e conhecer o cotidiano desses lugares e seus respectivos sujeitos históricos é o objetivo da expedição. Permitindo assim, uma perspectiva própria de quem esteve no cerne das veias abertas da América Latina. Presenciar seus atrativos naturais, históricos e culturais é um aprendizado complementar que certamente ajudará na minha profissão de historiador.

A saída de Foz do Iguaçu está marcada para o começo de julho, justamente na estação mais fria do ano. No entanto, a data não foi escolhida a esmo. O inverno na Cordilheira dos Andes (Bolívia, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela) é rigoroso, com temperaturas negativas, neve e muito frio, contudo, é o período de seca na região. Desse modo, evito as chuvas torrenciais que ocorrem, sobretudo, no verão. Pedalar encharcado não é nada interessante.

O roteiro foi traçado a partir de uma árdua pesquisa em relação às características de cada país - dentro do objetivo acima mencionado - uma vez que compreende um vasto e diversificado território, proporcionando assim, pedalar por desertos, salares, florestas, cordilheiras e ainda pela costa do Oceano Pacífico, Mar do Caribe e Oceano Atlântico. Com duração aproximada de doze meses, a viagem estará sujeita a todas estações do ano, todavia, a que exigirá maior atenção, sem dúvida, será o inverno na altitude dos países andinos quando a temperatura poderá chegar a -25ºC. Para enfrentar as variações climáticas e geográficas durante a jornada, os equipamentos específicos são estes:

Camping/Vestimentas:
  • Saco de dormir Deuter -5ºC. Suporta temperatura extrema de -23ºC. (colaboração André Martins)
  • Isolante térmico: Nautika e Mammut (colaboração Guilherme Tolotti)
  • Barraca 2 lugares MOR (é aquela simples mesmo, uma parecida aguentou bem na viagem para o Chile em 2008)
  • Jaqueta 3x1 da Conquista. Impermeável, corta vento e com fleece.
  • Segunda pele da Curtlo.
  • Cobertor de emergência. (aumenta a temperatura em até 6ºC.)
  • Fogareiro compacto. (leve e prático)
  • Panela, prato e talher.
  • Filtro de água: Lifestraw
  • Camisas e calça de ciclismo. Toucas (incluindo uma 'ninja') e luvas para o frio.
A bicicleta:
  • GTS M5, grupo Shimano Alivio 24 marchas.
  • Pneus Pirelli Scorpion 1.9. (um par reserva)
  • Alforje dianteiro: Pró Bike 12 (para a cozinha e roupas de inverno)
  • Alforje traseiro: POC (75 litros)
  • Bagageiro traseiro: Tranz-X
  • Bagageiro dianteiro: Fabricação própria.
  • Bolsa de Guidão: Curtlo
  • Farol/lanterna: Giant Numen EL2.0
  • Velocimetro: SIGMA 906 
 Victoria: Minha companheira de viagem. Na foto, ainda sem o bagageiro dianteiro.
Guia:
  • O viajante independente na América do Sul.
 Documentação: 
  • Passaporte.
  • Certificado Internacional de Vacinação. (detalhes aqui!)
Financeiro:
  • Não sou patrocinado. Até o exato momento a parte financeira foi levantada com recursos próprios, ou seja, através de muito trabalho durante os últimos anos. No entanto, se você, por algum motivo, quer patrocinar ou apoiar a viagem, fique à vontade, toda ajuda é bem-vinda. Basta entrar em contato.
Hospedagem:
  • Acampar sempre que possível em lugares com um nível razoável de segurança. Muitas vezes os postos de combustíveis na beira da estrada apresentam a melhor opção, existe espaço, comida e banheiro com chuveiro.
  • Camping: Quando disponível e com valores satisfatórios.
  • Hotel/Pousada:  Opção quando forem baratas e/ou em situações climáticas desfavoráveis como chuva e frio. Em países como Bolivia e Peru as diárias tem valores convidativos.
  • Hospitalidade: No Brasil, felizmente, tenho muitos amigos cicloturistas que já se propuseram a me hospedar gratuitamente. No exterior existe algo parecido desenvolvido pelos membros da rede Warmshowers
Atualização:
  • O relato e as fotos da viagem serão publicados sempre que possível através deste site. Para receber notícias por e-mail, basta inscrever-se no feed Cicloturismo Selvagem (lado superior direito da página).
Contato:
  • nelsonhistoriador@hotmail.com
Roteiro:

BRASIL - PARTE 1 (1130 km)
Principais paradas:

* Marechal C. Rondon/PR
* Guaira/PR
* Dourados/MS
* Corumbá/MS


   
BOLÍVIA (2200 km)






Principais paradas:

* Santa Cruz de la Sierra
* La Higuera. (local onde Che Guevara foi morto)
* Sucre
* Potosi (Patrimônio Histórico da Humanidade)
* Uyuni (Salar de Uyuni e região das lagoas; Colorada e Verde.
* Oruro
* La Paz (Capital mais alta do Mundo)
* Copacabana (Lago Titicaca, mais alto navegável do Mundo)

BOLIVIA - PARTE 1

 
BOLIVIA- PARTE 2
 

PERU (3649 km)






Principais paradas:

* Puno (Lago Titicaca)
* Arequipa (Canyon del Colca)
* Cuzco (Ancestral capital do Império Inca) - (Região do Vale Sagrado e Machu Picchu)
* Nazca (Linhas de Nazca) - (Cemitério de Chauchilla)
* Ica
* Pisco (Reserva Nacional de Paracas)
* Lima (Museus, igrejas e parques)
* Huaraz (Cordilheira Branca)
* Trujillo (Maior cidade de barro já construida no Mundo)
* Puerto Malabrigo (Chicama: fica a onda mais longa do Mundo)
* Chiclayo



EQUADOR (1077 km)






Principais cidades:

* Cuenca (Melhor preservação da arquitetura colonial no país)
* Guayaquil (Maior cidade do Equador)
* Alausi
* Ambato (Região de Baños)
* Quito (Uma das capitais mais bonitas da América)
* Otavalo (Maior mercado indígena da América do Sul)



COLOMBIA (3066 km)






Principais paradas:

* IPIALES (Igreja Las Lajas)
* CALI
* MANIZALES
* BOGOTÀ (Museus e centros históricos)
* MEDELLIN
* CARTAGENA (Porto histórico)



VENEZUELA (3089 km)






Principais paradas:

* MERIDA (Mais alto e segundo mais longo teleférico do Mundo)
* CORO (Mar do Caribe)
* TUCACAS (Parque Morrocoy - Mar do Caribe)
* MARACAY (Acesso para várias praias no Mar do Caribe)
* CARACAS
* CIUDAD BOLÍVAR
* SANTA ELENA DE UAIREN (Região do Monte Roraima)



GUIANA (740 km)






Principais paradas:

* LETHEM
* GEORGETOWN
* CORRIVERTON

GUIANA - PARTE 1



GUIANA - PARTE 2 



SURINAME (391 km)






Principais paradas:

* PARAMARIBO



GUIANA FRANCESA (423 km)






Principais paradas:

* CAYENNE



BRASIL - PARTE 2 (12678 km)








Principais paradas:

* Oiapoque/AP
* Macapá/AP
* Manaus/AM
* Altamira/PA
* Belém/PA
* São Luiz/MA (Praias da região)
* Barreirinhas/MA
* Parnaíba/PI
* Fortaleza/CE (Praias da região)
* Natal/RN  (Praias da região)
* João Pessoa/PB (Praias da região)
* Recife/PE (Praias da região)
* Maceió/AL (Praias da região)
* Aracaju/SE
* Conde/BA
* Salvador/BA
* Itaparica/BA
* Camamu/BA
* Ilhéus/BA
* Canavieiras/BA
* Porto Seguro/BA
* São Mateus/ES
* Guarapari/ES
* Cabo Frio/RJ
* Rio de Janeiro/RJ
* Paraty/RJ
* Itanhaém/SP
* Curitiba/PR
* Paranaguá/PR
* Joinville/SC
* Florianópolis/SC
* Bom Jardim da Serra/SC
* São Joaquim/SC
* Urubici/SC
* Lages/SC
* Foz do Iguaçu/PR















11 comentários:

  1. Show seu roteiro, abrangente de verdade.

    Vais ter uma coleção de fotos invejável.

    Estarei acompanhando e faço questão de te encontrar quando estiver aqui pelo Rio em uma pedalada!

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. Muito obrigado André, certamente irei montar um grande registro fotográfico. E quando estiver na capital fluminense lhe aviso pra podermos trocar umas idéias. Abraço camarada.

    ResponderExcluir
  3. Aí Neto, vou estar aqui torcendo por ti... A única e pequena "viagem" que fiz até hoje (http://robsonvieirablog.wordpress.com/2010/07/29/cicloturismo-aparecida-do-norte/), foi inspirada nas suas aventuras... e só tenho a agradecer por isso. Foi uma das melhores coisas que já fiz na minha vida.

    Vou estar antenado no seu blog para acompanhar cada passo, digo, cada pedalada.

    Que Deus lhe proteja.

    Um forte abraço!

    P.S.: Da próxima vez que planejar uma viagem longa como essa, inclua Minas Gerais no seu roteiro. (rsrsrs)

    ResponderExcluir
  4. BUENAS TCHÊ!!!!
    PARABÉNS MEU AMIGO!!! É INVEJÁVEL SUA DISPOSIÇÃO...
    SUAS FOTOS ESTÃO MARAVILHOSAS E QUE EXPERIÊNCIA DE VIDA TU ESTÁ TENDO...
    SUCESSO, PAISAGENS E MUITOS MUITOS QUILOMETROS PRA TI...
    PARABÉNS

    CHARLES

    ResponderExcluir
  5. Belo Roteiro, hein Nelson...muito legal essa sua trip, já pedalei ai pelo nordeste do Brasil, inclusive SLuiz, região gostosa e acolhedora, vai gostar de Camocim-Ce e Jeri-Ce...boas pedaladas e logicamente boas estórias por ai e um grande abraço aqui do Vale do Paraiba - SP.

    ResponderExcluir
  6. quando chegar em salvador pode me da um toque que lhe recebo aqui em casa.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns e que você sempre tenha força de vontade para pedalar mais e mais.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Nelson!!

    A leitura dos relatos das tuas viagens me estimularam a viajar de bike.

    Já fiz Floripa->Maquiné-RS e Floripa->Imbé-RS e em fevereiro parto para Floripa->Valparaiso, 40 dias do Atlântico ao Pacífico! Valeu Nelson, quando aparecer por Floripa, tens hospedagem e rangacera garantida já,

    gostaria muito de trocar uma ideia contigo, quem sabe pedalarmos por aí..!

    abração e buena suerte!!!

    ResponderExcluir
  9. Parabéns... realmente uma viagem muito legal que venho acompanhando quietinho a muito tempo com muito respeito e muita energia positiva...

    Cicloabraços

    ResponderExcluir
  10. Foi um prazer acompanhar por um pequeno trecho este grande Cicloturista, Nelson

    ResponderExcluir
  11. NELSON VOCE AINDA ESTA VIAJANDO OU JA VOLTOU AO BRASIL?

    ResponderExcluir